25 de maio de 2017


Quando acabar - se é que um dia acaba - estarei na mesma estação a lembrar-te que abraços acontecem quando as palavras são insuficientes para o tamanho da própria vida.
E é aí que te abraço de novo.

Sem comentários:

Enviar um comentário